Arquivo da categoria: Uncategorized

Polícia de Durban é flagrada fazendo “varrição” das crianças de rua por membros da Copa do Mundo de Criança de Rua

Durban, 22 de março de 2010_A menos de três meses da Copa do Mundo da FIFA na África do Sul, a polícia metropolitana de Durban, uma das cidades sede do evento, foi filmada em ações de varrição de crianças de rua, para retirá-las do centro da cidade.  O flagra aconteceu durante o período da Copa do Mundo de Criança de Rua, que teve início em 14 de março e acabou hoje. As imagens foram feitas por membros da Umthombo, organização que trabalha diretamente com crianças em situação de rua e que representou a África do Sul neste projeto.  Elas estão disponíveis no site www.wateringcanmedia.com/clients/umthombo.

“As crianças de rua alegam que essas operações de varrição têm ocorrido com freqüência por causa da Copa do Mundo da FIFA. A prefeitura de Durban disse que investigaria essas alegações, mas diz que a polícia não está tirando as crianças das ruas à força para a Copa de 2010”, afirma Tom Hewitt, CEO da Umthombo .

A polícia liberou a garota depois de ser abordada por integrantes da Umthombo, por ONGs internacionais e pela mídia, e ela foi reintegrada à família com o auxílio da organização.

 “As crianças que são forçadas a sobreviver nas ruas merecem algo muito melhor. Eles não são criminosos – e, em vez de serem tratadas com cuidado e compreensão, recebem tratamento duro da polícia. Todas as crianças têm direito a um lar seguro, proteção contra a violência, o acesso aos cuidados de saúde e educação. Ainda mais importante, suas vozes devem ser ouvidas e suas esperanças e sonhos levadas a sério. A ABC Trust vai trabalhar com os organizadores da Copa do Mundo de Criança de Rua para trazer o evento para o Brasil em 2014 e dará especial atenção à forma como as crianças que vivem nas ruas são tratadas durante os preparativos para a Copa do Mundo da FIFA. Esta é uma ótima oportunidade para o Brasil liderar nos próximos quatro anos para o Brasil, não apenas no campo de futebol, mas também em tomar medidas concretas para defender e proteger os direitos das crianças mais vulneráveis do país”, afirma Webb.

Acaba hoje a Copa do Mundo de Criança de Rua

 O evento que reuniu cerca de 80 crianças que já tiveram experiência de rua de oito nações num torneio de futebol e em uma Conferência sobre os Direitos das Crianças de Rua, em Durban, na África do Sul, teve início em 14 de março e encerrou suas atividades hoje, tendo a Índia como grande vencedora do campeonato. O time conquistou o caneco depois de vencer a segunda colocada Tanzania, por 1×0 na final.

Apesar de não ter se classificado para as semifinais, a participação do Brasil no evento foi marcante em diferentes aspectos. Na Conferência, as crianças discutiram temas como casa, proteção contra violência e acesso à educação e saúde.  Assim como as discussões, o Manifesto também foi redigido por eles, e as conclusões foram:

Queremos mudar a mente e a atitude das pessoas em relação ao tratamento dado às crianças de rua;

O governo precisa incluir crianças de rua na plataforma de governo;

Nós vamos pressionar o governo para mudar sua atitude em relação às crianças de rua entregando aos candidatos das próximas eleições uma lista de perguntas relacionadas às crianças em situação de rua, um resumo do trabalho feito na Conferência da Copa do Mundo de Criança de Rua e articular com a mídia para assegurar que as respostas serão respondidas. 

O evento contou ainda com uma exibição de artes produzidas pelas crianças na Galeria de Artes de Durban, além de participarem de um safári em uma reserva natural, a um parque aquático, à praia e à sede da Umthombo.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Índia vence a Copa do Mundo de Criança de Rua

A cerimônia de encerramento selou hoje o fim do campeonato de futebol da Copa do Mundo de Criança de Rua. Os campeões foram os indianos, que venceram a segunda colocada Tanzânia por 1×0. Os outros times não se classificaram, mas todos os participantes receberam uma medalha por participarem da Copa.

Acaba hoje o torneio de futebol da Copa do Mundo de Criança de Rua

Apesar do fim do campeonato, a Conferência sobre os Direitos das Crianças de Rua ainda está em plena atividade. No início das discussões, diante de todos os times, Chris Rose, o organizador do evento, leu a frase que o Brasil sintetizou para simbolizar a Copa do Mundo de Criança de Rua: “Para mudar o mundo, comece mudando a si mesmo. Todos somos campeões”.  Um vídeo com cenas de ontem animou bastante os participantes, e você pode conferi-lo aqui.

Meninas de todos os países discutem proteção para crianças de rua

Hoje, o tema discutido foi proteção contra a violência. As meninas de todos os times foram separadas dos meninos, e juntas trabalharam com a ONG britânica de advocacy Plan International, para que pudessem falar mais abertamente sobre os problemas enfrentados.

Apesar das diferenças geográficas e culturais, muitos assuntos levantados na discussão de todos os países se assemelham. Entre eles estão uso de drogas por parte dos pais, parte da polícia que abusa do poder, abuso sexual, físico ou verbal vindos do padrasto, irmão mais velho ou amigos da família.

No fim do fia, todos conferiram os trabalhos de arte que os times montaram durante o evento com o auxilio dos artistas da organização Momentum Arts, expostos na Galeria de Artes de Durban. As pinturas foram feitas em hexágonos que se encaixavam uns nos outros, como parte de uma colméia de abelhas.

Trabalhos de arte das crianças são expostos na Galeria de Artes de Durban

A ideia de relacionar crianças de rua com abelhas partiu dos freqüentadores da Umthombo, organização que representa a África do Sul na Copa do Mundo de Criança de Rua, que defendem que as crianças andam em grupo quando estão em perigo, gostam das coisas doces da vida, mas quando são incomodadas, acionam um ferrão para se defender. Já para os jovens da Tanzânia, crianças de rua são como girafas: “por serem altas, elas podem ver alem da situação imediata, elas podem ver um futuro melhor”.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Tem início a Conferência sobre os Direitos das Crianças de Rua

“Casa: qual o significado dessa palavra para você?” Foi com essa pergunta que teve início a Conferência pelos Direitos da Criança de Rua aqui em Durban, que abriu as discussões com o tema Casa, Abrigo e Reintegração. Proteção e acesso à saúde e educação estão na pauta dos próximos dias.


Brasil participa do primeiro dia da Conferência pelos Direitos das Crianças de Rua

Acompanhados pelos educadores, os grupos discutiram internamente questões relacionadas ao tema, e no final das discussões, compartilhavam as conclusões com um time diferente. Em um primeiro exercício, “termos como “nome”,” mãe” e ”um lugar para se proteger da chuva”  foram colocados em diversos post its, e colados em uma grande folha de papel, assim como fizeram os outros times.

A atividade pretendia que os jovens participantes pudessem levantar os problemas encarados pelas crianças de rua e os colocassem em ordem de prioridade. Na equipe do Brasil, algumas “decisões errôneas de juízes da vara da infância e adolescência” são fatores que afetam intensamente a vida daqueles que estão na rua – principalmente se o juiz decidir tirar a guarda de três dos quatro filhos de uma mãe que tenha uma das crianças na rua, como exemplificou o time. “A pouca atuação dos Conselhos Tutelares” foi o segundo tópico a surgir, seguido da “falta de responsabilidade da família”, por não querer assumir a criança que gerou. Quando se discutiam os problemas, foi revelada por um jogador a importância do brincar. “Eu não tive infância, toda a hora ia trabalhar com minha mãe”, disse um deles.

As soluções foram pensadas em nível pessoal, local, nacional e global, como descrito na tabela abaixo. Antes, porém, os jovens assistiram vídeos que traziam o depoimento de adolescentes em situação de rua e de risco no Rio de Janeiro. A presença de Valdinei Martins, educador social da organização parceira da ABC, São Martinho, e do assessor de convênios, Leonardo Costa, também ajudou a passar ao time do Brasil as diferenças e semelhanças que envolvem a questão da criança de rua nas duas cidades – e dessa forma, levar à discussão global a voz das crianças da capital carioca.

PROBLEMA SOLUÇÃO PESSOAL SOLUÇÃO LOCAL SOLUÇÃO NACIONAL SOLUÇÃO
GLOBAL
Pouca atuação do Conselho Tutelar Votar no Conselho Tutelar Contratação de equipe melhor capacitada Fiscalização dos conselhos tutelares Campanhas
Preconceito Mudar o próprio preconceito Campanhas Campanhas Campanhas
Trabalho infantil Fazer doações a famílias carentes Campanhas Campanhas Campanhas

À tarde, o time disputou com a África do Sul a vaga para brigar pelo quinto lugar, mas os anfitriões acabaram levando a melhor, vencendo o Brasil por 2×1. O dia acabou com um churrasco a la África do Sul oferecido pela Delloite, em que não faltou bife grelhado, linguiça e bisteca. E, claro, pimenta. Muita pimenta – como não poderia deixar de ser.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Vice-prefeito de Durban recebe delegações no estádio em que seleção estreia

É no majestoso estádio Moses Mabhida que a seleção brasileira de futebol vai estrear na Copa do Mundo da Fifa, em 25 de junho. E foi lá que o vice-prefeito da cidade, Logie Naidoo, recebeu esta noite os times e as delegações da Copa do Mundo de Criança de Rua para jantar. Naidoo foi homenageado por todas as equipes participantes, e foi Rodrigo quem, representando o Brasil, fez o discurso de agradecimento.

Time do Brasil confere estádio que o país estreará na Copa do Mundo da FIFA

Pela manhã, a equipe brasileira andou pelas áreas de Durban mais populares entre as crianças de rua. Acompanhados por membros da Umthombo, organização que representa a África do Sul no evento, o grupo visitou a árvore em que algumas delas se penduram para dormir longe do chão, além dos fundos de uma grande loja de carros e um matagal.

De acordo com membros da instituição, a Copa do Mundo da Fifa tem sido um “pesadelo para as crianças de rua de Durban”, que alegam serem transferidas para cidades distantes onde não ocorrerão os jogos, para que fiquem longe da atenção dos turistas e da mídia.

Rodrigo e Douglas conversaram com o vice-prefeito de Durban

A manhã densa foi compensada por uma tarde refrescante. Todas as delegações se encontraram no parque aquático da marina uShaka e se revezavam entre os diversos tobogãs e piscinas. Para encerrar a noite, a equipe da Índia apresentou a todos seu ritual de boas-vindas e todos sentiram na pele a experiência do Festival das Cores, chamado de Holi. Tradicionalmente, os indianos saem às ruas e brincam de jogar pós coloridos uns nos outros para celebrar o início da primavera.

.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Brasil e Filipinas se enfrentam pela primeira vez na história do futebol

Nunca antes um time de futebol das Filipinas tinha tido experiência de nos enfrentar no futebol: nem em uma partida de campo, nem de salão, de 7-a-side ou ainda de botão. A expectativa do ágil time filipino foi proporcional à preparação que ele claramente teve antes de vir à Copa, e assim acabou levando a melhor: 5×2.

Brasil e Filipinas se enfrentam pela primeira vez na história do futebol

Mas, a derrota e o adeus à classificação do time para as semifinais não foi a despedida mais triste do dia. Pela manhã, ainda antes do jogo, o time se reuniu pela última vez com os estudantes da escola Hillgrove Secondary School, que nos receberam desde segunda-feira e participaram das atividades artísticas e de advocacy.

As lágrimas que regaram o momento final mostraram o sucesso da experiência – e o desespero das africanas ao verem os brasileiros desde o primeiro dia também. O que não faltou foram sessões de autógrafos, fotos, beijos e abraços. As estudantes não tiveram vergonha em assumir o papel de tietes e pediam aos brasileiros que assinassem suas camisetas para guardar de lembrança. O Brasil foi presenteado com medalhas de ouro e o time retribuiu com cartões postais com imagens deles próprios assinados por todos

Artistas da Momentus Arts fazem atividades de advocacy com jovens do Brasil

Assim como a equipe brasileira, todos os outros times também foram recebidos por uma escola da cidade, que apresentou em maiores detalhes a cultura africana e também promoveu a integração entre as crianças. No primeiro dia, o Brasil foi recebido com uma enorme e muito ensaiada cerimônia de boasvindas. Todos os alunos estavam presentes e os receberam com a música “We are the Champion”, do Queen.

Mesmo sem falar a mesma língua fizeram amizade e não viam a hora de se encontrar no dia seguinte. Na terça e na quarta, os jovens do Brasil voltaram à escola para participar de atividades artísticas na parte da manha com voluntários da ONG inglesa Momentum Arts.

Brasileiros e alunos da escola de Durban interagem no evento

E para encerrar o dia com chave de ouro, todos foram ao IMAX para curtir uma seção de cinema 3D. Com tantas novas experiências para se viver, quem se lembra da derrota no futebol? Foi Rodrigo mesmo quem disse: “Ganhando nos estamos em muitos outros aspectos”.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Coletiva de Imprensa acontece terça-feira

A ABC Trust convida a imprensa a comparecer à coletiva da primeira Copa do Mundo de Criança de Rua, remarcada para 9 de fevereiro, na Escola São Paulo, às 9h.

O time que representará o Brasil estará presente, assim como representantes da ABC e das ONGs parceiras Projeto Quixote e São Martinho.

Pedimos a gentileza de confirmar a presença pelo email roberta@abctrust.orguk ou pelo telefone (11) 3071-3998.

Obrigada e até lá!

SERVIÇO:
Data: Terça-feira, 9 de fevereiro
Horário: 9h
Local: Escola São Paulo (R. Augusta, 2239 – Metrô Consolação – São Paulo)
Inscrições: roberta@copadomundodecriancaderua.org

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

URGENTE: COLETIVA POSTERGADA P/ FEVEREIRO

 
Infelizmente, devido a alguns problemas, algumas crianças não poderão comparecer amanhã à coletiva. Por isso, decidimos postergar a apresentação para a imprensa para fevereiro. Assim que tivermos a data definida novamente, voltaremos a entrar em contato.
 
Pedimos desculpas pelo transtorno e agradecemos a compreensão,
 
ABC Trust

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized